Uma velha nova história.

janeiro 27, 2010

Olá, Pessoas! Estava eu aqui nesse começo de 2010, revirando livros, arquivos antigos, mexendo em textos e remexendo em blogs na internet. E me veio a mente uma pequena série de histórias que escrevi há uns três anos, aos 17.  O tempo passou, entrei na faculdade, fiz o meu primeiro blog (www.divingwithin.blogspot.com) – hoje aposentado -,  comecei juntamente com minha amiga Raíssa Aguiar o Vampiros Anêmicos (www.vampirosanemicos.blogspot.com), posteriormente contando com a presença dos textos da Mari Asamiya.  E bem, essas histórias de 2007 nunca surgiram online. Não as esqueci, mas de certa forma as ignorei. Por achar que muito deveriam melhorar, pelo meu estilo de escrita ter se transformado muito nos últimos tempos. Em resumo, pura frescura de escritor nóiado. Resolvi lançar de vez esses textos, como prova de um novo ano, sem medo de mostrar nada que já produzir ou irei produzir. Por isso, apresento a todos: Contos de Tunatumba.

Tunatumba é uma antiga taverna, na qual há muitos anos se reuniram velhos amigos beberrões, pessoas distintas, outras nem tanto, moradores do castigado real e derivados.  Hoje, o bar está entregue as baratas, teias de aranhas e aos esqueletos de fiéis frequentadores. Lino vira-copos, o único habitante da taverna ainda em carne e osso, conta histórias que circularam pelo local escondido no esquisito Beco do Guabiru Espocado.  Não preciso explicar tudo, dêem seus cliques e leiam!

Um abraço, do autor.